Olá, Visitante. Faça Login ou Cadastre-se
  • Raventós I Blanc

www.raventos.com        

A vinícola Raventós i Blanc nasceu em 1986 para ser a marca de referência entre os Cavas de prestígio, o testemunho do compromisso com uma terra e da fidelidade com idéias que foram tomando corpo durante 500 anos. O fundador Josep Maria Raventós Blanc era herdeiro da tradicionalíssima família Raventós, que produziu o primeiro cava em 1872, e proprietário de 90 hectares de vinhedos históricos em Sant Sadurní, transmitidos de geração em geração desde 1497.

Ele foi o grande impulsor deste espumante espanhol feito pelo método tradicional: como presidente do Grupo de Espumosos del Sindicato Nacional de la Vid na década de 60 e depois do Consejo Regulador del Cava, conseguiu o seu reconhecimento legal e já na década de 80 a elevação a Vino de Calidad Producido en una Región Determinada (V.C.P.R.D.).  O filho Manuel Raventós está hoje à frente da vinícola, cujos projetos arquitetônicos e de imagem foram largamente premiados, e que busca a máxima expressão do cava como um espumante mediterrâneo autêntico, elegante e diferente de todos os outros congêneres no mundo.

A grande denominación de origen Cava abarca 160 municípios em 7 Comunidades Autônomas espanholas, mas a comarca vinícola do Penedès, 40 km ao sul de Barcelona, concentra mais de 95% da produção, destacando-se a cidade de Sant Sadurní d’Anoia, onde está estabelecida a Raventós i Blanc. O clima desta zona é tipicamente mediterrâneo, protegido da costa pelas montanhas de Montserrat, luminoso e ensolarado. Caracteriza-se ainda pela pluviosidade moderada, invernos suaves e verões quentes e secos, com média anual de temperatura de 15°C. Os vinhedos da propriedade são seccionados segundo as suas características ambientais gerais, e cada bloco recebe tratamento rigorosamente diferenciado, tanto no cultivo quanto na vinificação. Os seus solos são pobres em matéria orgânica e muito ricos em calcário, contribuindo para a expressão e finesse dos vinhos.

A filosofia da vinícola é de que para elaborar um bom Cava é necessário ter vinhedos próprios, mas para elaborar um Raventós i Blanc é necessário ter vinhedos Raventós i Blanc e uvas Raventós i Blanc. Todos os cavas são multivarietais, acreditando-se na harmonia e complexidade que se obtém com o emprego das uvas autóctones Macabeo, Xarel.lo e Parellada, além da participação de fundo da Chardonnay e da Pinot Noir. O resultado final da Raventós i Blanc é uma linguagem própria de muita elegância, como coloca o respeitado jornalista especializado espanhol Andrés Proensa: “dos melhores em Cava, porém sem emular o estilo de outros espumantes”.

Clique aqui para conhecer os vinhos.