Olá, Visitante. Faça Login ou Cadastre-se
  • Kompassus

     Nasce uma estrela na Bairrada! Em poucos anos a Kompassus já conquistou um espaço no firmamento dos melhores produtores de Portugal, fruto da união do médico oftalmologista João Póvoa, profundo conhecedor e explorador dos terroirs e das castas da região, com o mágico Anselmo Mendes, um dos maiores ícones da enologia do país. O melhor de tudo é que os vinhos desta parceria perfeita são extremamente típicos, certamente elegantes e polidos como Anselmo gosta e faz como ninguém em Portugal, mas carregados de acento regional bairradino.

  • A estrela da Kompassus já brilha na Revista de Vinhos de Portugal, na qual 9 vinhos dos 16 já avaliados pela influente revista alcaçaram mais do que 17 pontos em 20, chegando à marca de 18,5 pontos, numa performance incrível e invejável.
  • O sucesso começa pelo espumante Blanc de Noirs 2009, eleito o melhor do país na prova dos “Melhores do Ano” de 2012 da Revista de Vinhos, com 17,5 pontos: “cor levemente rosada, provocante, apimentado, cheio de garra. Muita dinâmica na boca, com especiaria, fruto, nervo e classicismo, bolha fina, todo carácter e personalidade, um vinho muito empolgante”.  
  • O Kompassus Reserva Branco 2011 revela todo o maravilhoso frescor-limonado da Arinto e a mineralidade-tostada da Chardonnay, alicerçado sobre uma textura rica e coesa dos solos calcários e pedregosos da melhor porção de terras da Bairrada.
  • Excelente relação preço/prazer do Eskuadro & Kompassu Tinto 2010, com 16 pontos em 20 na Revista de Vinhos: “muito aromático, bagas silvestres, barro e terra húmida, vegetal seco como casca de árvore. Muito fresco, com textura suave, seco, elegante e afirmativo”.

     Entre os 30 melhores vinhos de Portugal no ano de 2012, com o “Prêmio de Excelência” da Revista de Vinhos, figura o fantástico Kompassus Private Collection 2009, com 18 pontos em 20: “Cheio e opulento, perfumado, com notas especiadas, barro, fruta vermelha e preta, muito complexo, austero e elegante. Poderoso mas com textura aveludada, acidez muito fresca, longo, sedutor, mas sempre sério e reservado”.