Olá, Visitante. Faça Login ou Cadastre-se
  • Gulfi

www.gulfi.it           

         Emocionante descoberta da Decanter na maior ilha do Mediterrâneo. O empresário ragusano Vito Catania fundou a Gulfi em 1996 com a clara convicção de querer valorizar o passado e a tradição enológica de mais de 2000 anos da Sicília. Percebeu que para isto o caminho orgânico, com vinhas antigas plantadas com castas autóctones em alberello, não irrigadas, seria a única via a se tomar. Apostou na grande uva Nero d’Avola e no território do sudeste da ilha, onde nascem pequenas partidas de vinhos de terroir excepcionais e, sobretudo, autênticos. Gulfi é hoje um dos melhores produtores orgânicos de toda a Itália. 

  • Os brancos mostram uma nova faceta da Sicília, pois são fresquíssimos e minerais, realmente surpreendentes. O Valcanzjria (todos os “j” podem ser pronunciados como “i”) é trabalhado sobre as lias no inox e apresenta limão, nectarina, flores e pederneira, num contexto de enorme vibração. O Carjcanti é estruturado e complexo, permeado pela mineralidade da região de Monti Iblei. 4 “grappoli” em 5 para ele na safra 2008.
  • Os tintos de entrada Rossojbleo e Nerojbleo encantam já no nariz, com aliciante territorialidade de Monti Iblei. Que grande uva é a Nero d’Avola: especiada, explosiva na fruta, balsâmica, quente, mas balanceada pelo cativante frescor! O Nerojbleo 2007 arrancou 92 pontos de Parker.
  • Outro entusiasmante atributo da Nero d’Avola é sua transparência ao terroir, ou como ela se transforma e assume um caráter peculiar de acordo com as condições naturais de um vinhedo. Os espetaculares Nerobaronj, Neromaccarj e Nerobufaleffj são vinhos de “crus” da nobre região de Val di Noto, vinificados de forma semelhante, mas totalmente diferentes em suas expressões. O Nerobaronj mais quente e licoroso, o Neromaccarj com textura firme de solos calcários e potencial de guarda, e o Nerobufaleffj de imensa harmonia, elegância e vibração. Experiência única degustá-los lado a lado. 92 pontos no Parker para o Neromaccarj 2006, e 93 pontos no Parker para o Nerobufaleffj 2006 e para o Nerobaronj 2006, este último também finalista dos 3 “bicchieri” no Gambero Rosso 2010.
  • O Etna é o vulcão mais alto da Europa e também uma das subregiões vinícolas mais comentadas da Sicília no momento, com explosivo potencial. O clima de montanha com grandes excursões térmicas e o solo de lava vulcânica consolidada, aliados à sedutora casta Nerello Mascalese, concorrem para o nascimento de tintos fantásticos e únicos. O Reseca origina-se de um vinhedo de apenas 2 hectares a 850 metros de altitude, plantado com videiras centenárias em “alberello”. Seu frutado exótico, emoldurado por tons fortemente balsâmicos e minerais, encanta e nos transporta à Sicília de tanta beleza, história e emoção. 

Clique aqui para conhecer os vinhos.