Olá, Visitante. Faça Login ou Cadastre-se
  • Villa Russiz

www.villarussiz.it           

            A história da Villa Russiz é de grande intuição, generosidade, paixão, empenho, sentimento e tradição. Começa com a intuição do conde francês Teodoro de La Tour, que vislumbrou em 1869 as colinas ensolaradas do Collio como um local especial para construir a vida com a mulher austríaca Elvine Ritter, e sobretudo para colocar em prática a sua paixão pela vitivinicultura e as técnicas modernas de vinificação que estavam surgindo na França naquela época. Ele foi o primeiro a perceber a essência da qualidade da região agora tão famosa do Collio: colinas perfeitamente expostas na congruência da influência amena dos Alpes Giulie com a brisa marítima do vizinho Mar Adriático. Nasce assim o conceito que é ainda a base fundamental da Villa Russiz, ou seja, levar à máxima expressão cada casta que se adaptou à região, com paixão e empenho total, quer seja em cada fila de vinha, quer seja na maravilhosa vinícola subterrânea do imponente castelo construído pelo conde. O símbolo de sentimento nesta história vem da condessa Elvine Ritter ao assumir Villa Russiz após o falecimento do marido em 1894, conduzindo os seus rumos até a Primeira Guerra Mundial, e não tendo filhos, estabelecendo um “Istituto Scolastico” paralelo para trabalhos junto à população carente. Outra condessa, a freira Adele Cerruti, recebe a tutela do Instituto após a morte da condessa, que se torna “Ente Pubblicco” e passa a administrar os bens de Russiz, então renomeados Istituto Cerruti e Villa Russiz, respectivamente. A atividade educativa e filantrópica é desenvolvida com a ajuda de congregações religiosas, regidas por um conselho administrativo, que também se incumbe da administração das atividades agrícolas, estas dirigidas tecnicamente pelo enólogo Gianni Menotti.

            Gianni Menotti sucedeu aos 35 anos em que seu pai foi diretor/enólogo da Villa Russiz em 1988. Com extrema sensibilidade e conhecimento do território único em que forja seus vinhos, Menotti lançou nos últimos anos alguns dos grandes vinhos brancos e tintos da Itália, sendo reconhecido pelo principal guia de vinhos do país, o Gambero Rosso Vini d’Italia 2006, como melhor enólogo do ano, ao conquistar nada menos que dois vinhos com “3 bicchieri” e quatro vinhos com “2 ½ bicchieri”. A Villa Russiz detém também uma estrela do mesmo guia pelos 17 “3 bicchieri” conquistados na sua história, bem como um “taste vin” de outro guia famoso, o Duemilavini da Associazione Italiana Sommeliers, reconhecendo os seus mais de 10 vinhos premiados com a nota máxima de “5 grappoli”.

Clique aqui para conhecer os vinhos.